(34) 3239-3400

Sistema CNDL SPC Fundação CDL FCDL CNDL

NOTÍCIAS

Vendas do Dia das Crianças crescem em torno de 3% frente a 2019

A Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Uberlândia realizou uma pesquisa com os empresários e os consumidores para saber qual a perspectiva de vendas e compras para o Dia das Crianças. Ao ouvir os empresários, o estudo apontou que as vendas referentes ao Dia das Crianças deverão ter crescimento de 3% em relação a 2019.

Levando em conta o cenário econômico atual, a pesquisa mostrou que 50% dos empresários esperam crescimento e os outro 50%, não. Dos 50% que estimam crescimento (32,4%) acreditam em um aumento de até 3% nas vendas para esse mês, (29,4%) acima de 5% e (26,5%) entre 3% e 5%. Dos empresários entrevistados e com todas essas dificuldades 57,6% visam realizar promoções para atrair os consumidores, e 42,4% não pretendem. Dos empresários entrevistados e com todas essas dificuldades 57,6% pretendem sim realizar promoções para atrair os consumidores, e 42,4% não intencionam.

Com esse novo cenário de vendas online, ampliar os canais de venda se tornou fundamental para os empresários. A maioria, 52,6% já realiza suas vendas pela internet, 22,8% tem interesse e pretende conhecer a nova plataforma de vendas online da CDL, CDLMebox, e 24,6% ainda não pensam em adotar essa estratégia.

“Como atrativo, enviamos para o mercado de Uberlândia um material de campanha para identificar o ponto de venda. O Kit contém cartazes grandes e móbiles personalizados para o dia das crianças. As empresas associadas que atuam no segmento infantil receberam as peças gratuitamente para decorar sua loja e fomentar as vendas”, disse Lécia Queiroz, superintendente da CDL Uberlândia.

As informações recebidas foram enviadas por empresários com atuação em toda a cidade de Uberlândia-MG, sendo a maioria na região central com 48,3%, seguido de 20,0% na zona leste, 13,3% na zona norte e 11,7% na zona oeste. O segmento desses empresários corresponde a 73,3% do comércio e serviços em geral, 15% comércio e serviços essenciais e 11,7% profissional liberal.

O que os consumidores dizem 

Grande parte dos consumidores, 80,7% pretendem presentear e 19,3% não. Entre os itens mais procurados, brinquedos (55,6%) e vestuário e calçados (20%), deverão apresentar o melhor desempenho nas vendas no Dia das Crianças.

A pesquisa também apontou que 42,4% das pessoas ainda preferem ir direto à loja física para comprar os presentes e optarão pelas lojas do Centro, 21,7% pelas lojas de bairro, 17,4% irão preferir comprar online, 15,2% vão adquirir os presentes em shoppings.

O meio de pagamento mais utilizado será o cartão de crédito (50%), seguido do dinheiro (34%), do cartão de débito (14,9%) e por último, do crediário (1,1%). Outro dado é que o investimento para 41,3% dos entrevistados será de R$51,00 a R$100,00. Para 22,8% até R$50,00, e para 18,5% de R$151,00 a R$200,00.

Os entrevistados também disseram que pretendem fazer uma programação diferente com as crianças, para distrair e comemorar o dia delas. 75,8% prepararão atividades em casa como forma de lazer. Algumas até ensinam culinária infantil. Outros 9,5% vão optar por clubes/ parques, 5,3% por restaurantes.

“A pesquisa com os consumidores nos mostra que alguns hábitos de consumo continuarão para o ano de 2020, principalmente no fator importante de decisão de compra, que 94,4% concordam que promoções e descontos na vitrine ajudam na escolha”, afirma a superintendente.

Nossos entrevistados se concentraram mais na região Leste 26,6% região oeste 23,9%, região sul 19,3%, região norte 16,5% e região central 13,8%.

 

A pesquisa foi realizada (42,2%) no atendimento da própria entidade, 33,9% responderam essa pesquisa por e-mail e 22,9% dos consumidores responderam por aplicativos ou redes sociais.

Clique aqui e confira o infográfico