Sistema CNDL

Notícias

G7 recebe o candidato ao governo de Minas Antonio Anastasia

O senador respondeu os principais questionamentos das lideranças empresariais e da plateia.

22 de agosto de 2018

Ontem (21), a convite do G7, o senador e candidato ao governo do estado de Minas Gerais, Antonio Anastasia, esteve no auditório da CDL Uberlândia para apresentar seu plano de governo e participar de um debate de ideias.

O encontro foi mediato pelo jornalista Rick Paranhos e reuniu lideranças das maiores entidades representativas de Uberlândia, entre eles: Cícero Heraldo Novaes, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Uberlândia, Fábio Pergher, presidente da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (ACIUB), José Eduardo, representante do Conselho de Veneráveis do Triângulo, Gustavo Galassi Gargalhone, presidente do Sindicato Rural de Uberlândia, Eduardo Braga Souza Pereira, presidente da Sociedade Médica de Uberlândia e Ângela Parreira Botelho, presidente da OAB Uberlândia. O presidente da FIEMG Regional Vale do Paranaíba, Everton Magalhães Siqueira, não pode comparecer na ocasião.

O candidato iniciou o encontro apresentando os principais reflexos da atual crise econômica do estado. Segundo ele, se eleito, o reequilíbrio das finanças e o pagamento dos salários dos servidores, destaque para a área da saúde, serão as principais prioridades.

Para criar um ambiente mais favorável ao setor privado, apesar de não prever queda no valor dos tributos, o senador se comprometeu a não aumentá-los e não criar novos durante sua gestão, além de combater guerras fiscais. Ele acredita que iniciativas como essas serão capazes de atrair novas empresas, gerar empregos e aumentar a base de arrecadação. “O estado só voltará a crescer quando recuperarmos a confiança do investidor”, afirmou.

O candidato ainda propôs uma grande reforma administrativa a fim de diminuir a burocracia e enxugar a máquina pública, que será formada por uma equipe predominantemente técnica com talentos jovens, dinâmicos e preparados.

Quando questionado sobre a substituição tributária, Anastasia afirmou que o ICMS precisa ser substituído com urgência pelo IVA (Imposto sobre Valor Agregado).

Outra questão defendida pelo senador, é o desenvolvimento e a valorização da agricultura, que, segundo ele, é a âncora econômica de Minas e do Brasil.

Anastasia encerrou sua participação no encontro deixando claro que, caso seja eleito, apesar de ter uma visão otimista sobre a recuperação da economia do estado, o governo enfrentará grandes dificuldades, mas será de plena execução. Confira as fotos em nossa galeria.

Compartilhe