Sistema CNDL

Notícias

Consumidores vão comprar a prazo no Dia das Mães

5 de maio de 2014

As vendas do comércio em Uberlândia devem crescer acima de 3% no Dia das Mães deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com a CDL Uberlândia.

E por causa dos impostos de início de ano, os lojistas esperam vender, mas a prazo. A maioria dos lojistas acredita que as compras serão pagas com o cartão de crédito (67%) e boletos e duplicatas (13%). Outro dado revelado pela maioria dos associados entrevistados (87%) é que eles não pretendem contratar mão de obra temporária para a data.

De acordo com os comerciantes, itens de moda e acessórios (27%), roupas (33%) e calçados (13%) serão os mais cotados pelos consumidores, seguidos por eletroeletrônicos (20%) e eletrodomésticos (7%). Para atrair a clientela, a maioria dos lojistas (73%) disse que vai dar descontos.

A pesquisa também foi feita com os consumidores que vão mesmo para as ruas em busca do presente para as mães. Ao perguntarem aos filhos se vão deixar a data passar em branco, 87% disse que vai presentear a mãe. Na opinião dos consumidores, os itens de compra estarão entre roupas (33%), eletroeletrônicos (28%) e acessórios (15%). O presente, segundo os clientes (46%) pode chegar a R$ 160,00. Outros (31%) vão desembolsar entre R$ 151,00 e R$ 300,00 e os demais 23% mais de R$ 300,00. O que vai definir? Os filhos (74%) disseram que as liquidações e as promoções do varejo são fatores decisivos na hora de escolher o presente.

Para realizar os pagamentos, os consumidores disseram que utilizarão o cartão de crédito (46%) ou dinheiro (33%).

Para o presidente da CDL Uberlândia, Celso Vilela, 2014 é um ano de cautela, pois além das datas sazonais, como a Páscoa que acabou de acontecer, ainda tem a Copa e as pessoas vão gastar com mais restrição. Mas, nada vai atrapalhar a venda do Dia das Mães, data considerada pelos lojistas a segunda melhor de vendas para o comércio, ficando atrás apenas do Natal.

Horário

Outro atrativo para vender mais, será a mudança de horário. A pesquisa revelou que a maioria dos associados deixará suas lojas abertas na semana que antecede o Dia das Mães (05/05 a 09/05), entre 19h e 20h. No sábado (10/05), entre 16h e 18h. Já no domingo, dia 11 de maio, apenas 33% do comércio irá abrir até às 14h.

Compartilhe