Partido Novo apresenta propostas para a política na CDL Uberlândia

O encontro foi para discutir a renovação da política brasileira e a necessidade de modernizar o Estado

07/05/18

No último dia 2 de maio, a CDL Uberlândia recebeu o pré-candidato à presidência da República, empresário João Amoêdo e o pré-candidato a govenador Romeu Zema para um almoço com diretores da entidade. O encontro também contou com a presença da pré-candidata a Deputada Estadual pelo Partido Novo, Cristina Garvil; e dos prés-candidatos à deputados federal e estadual Daniel Tinoco e Alcides Ribeiro, entre outros políticos e representantes do G7 e da imprensa local.

 

O objetivo do encontro foi discutir a renovação da política brasileira e a necessidade de modernizar o Estado. Após abrir o evento, o presidente da CDL Uberlândia, Cícero Heraldo Novaes, passou a palavra para João Amoêdo que discursou sobre as propostas do Partido Novo e suas principais bandeiras. Entre os diferenciais do Novo, Amoêdo destacou a necessidade de montar uma boa plataforma com governança, colocando cidadão no centro da decisão.

 

Outro princípio é que o Novo é um partido que faz um processo seletivo para os seus candidatos e que somente uma reeleição é permitida. “Todo filiado tem que ter ficha limpa. A política não deve ser profissão. O processo seletivo visa trazer a maior quantidade de pessoas que nunca foram políticas para participar. Ao longo desse processo, verificamos se elas têm competência, seriedade e capacidade de defender seus conceitos”, disse.

 

Outra característica do Partido Novo é que ele é o único que não usa dinheiro público para sua manutenção. “Partido político é entidade privada. O cidadão precisa ter poder sobre esse mecanismo e o partido precisa viver da contribuição dos filiados e não do dinheiro público. É como a prestação de um serviço, se não for bom, não perpetua. Os filiados contribuem. Se o Novo se desvirtuar, as pessoas param de contribuir”, afirma.

 

Ele explicou ainda que o Brasil não vai para frente porque há um aproveitamento do Estado. “Atualmente o Estado atende a elite e não a grande parte do povo. Não será fácil chegar à mudança porque quem está aproveitando desse sistema não vai querer deixar os privilégios. O Brasil é um país rico e não consegue crescer porque o Estado concentra poder, mas se dermos mais poder, liberdade e autonomia para o cidadão, esse cenário pode mudar”.

 

O presidente do Conselho de Administração do Grupo Zema, empresário Romeu Zema Neto, que já havia visitado a CDL Uberlândia em novembro de 2017, também falou sobre suas experiências, avaliou as perspectivas de negócios para 2018 e abordou sobre sua pré-candidatura ao Governo de Minas Gerais, pelo “Partido Novo”. Após conhecer o Novo surgiu o convite ao cargo, refleti muito e não quis ser soldado desertor, por isso decidi que estava pronto para investir na esfera pública”, ressalta Romeu.

 

Na ocasião, Romeu Zema ainda destacou a experiência empresarial como um diferencial para uma possível entrada no universo político, com grande poder de negociação e de “jogo de cintura”, e defendeu reformas estruturais, dentre elas, da previdência, tributária e, com ênfase, a governamental, incluindo os três poderes.

 

Após as apresentações de propostas, o presidente Cícero abriu para perguntas. “Diante do cenário político em que o país passa, o debate sobre o que queremos para o Brasil e como o indivíduo pode ser o agente dessa transformação é imprescindível e necessário para que haja a conscientização de uma mudança a favor da economia e de tudo que estamos esperando”, conclui o presidente da CDL Uberlândia, Cícero Heraldo Novaes.

 

O partido foi fundado em fevereiro de 2011 por 181 cidadãos de 35 profissões diferentes que nunca exerceram mandato político. O lema é a defesa intransigente de que o caminho para melhorar a qualidade de vida das pessoas é por meio da liberdade com responsabilidade. A legenda é representada pelo número 30. Em sua primeira eleição (a municipal de 2016), concorreu em cinco capitais e conseguiu eleger vereadores em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte.

Quer receber notícias?

Cadastre-se


CDL Convenções e Eventos

- Últimos eventos