Em julho, o comércio previa crescimento de 41% nas vendas

Em julho, o comércio previa crescimento de 41% nas vendas